Tuesday, August 26, 2008

Jimi Hendrix

Era eu miúdo quando o meu irmão apareceu lá em casa com uma cassete VHS ... um concerto do Jimi Hendrix. Para mim era um perfeito estranho... Mas o irmão mais velho ia vendo a cassete vezes sem conta e eu lá ia assistindo ao incendiar de uma guitarra no Woodstock, sem perceber qual a verdadeira razão por detrás de tal acto de vandalismo gratuito. A verdade é que comecei a admirar Jimi Hendrix, era inevitável... A energia, os temas em si, a excentricidade... a personagem. Como qualquer miúdo com 12 anos, não conseguia ficar indiferente aos solos feitos com os dentes, ou com a guitarra atrás das costas... entre tantos outros malabarismos que nos fazia pôr aquela cassete dezenas de vezes... sempre com um brilho nos olhos... Afinal, nessa fase, todos quisemos ser guitarristas... Ainda hoje me delicio a ver os videos que vou encontrando no YouTube... Ainda hoje admiro este músico que faleceu com apenas 27 anos... Neste video ele não desfaz a guitarra nem oferece depois ao público os pedaços que dela restam, como o via fazer nessa velha cassete VHS, mas consegue-se perceber que Jimi Hendrix, quando tocava, viajava por um mundo diferente... fugia, sentia e vivia momentaneamente num outro espaço qualquer, que lhe permitiu e garantiu a eternidade dos seus temas que, ainda hoje, tocam por aí...
Frequentemente ouço dizer que há guitarristas tão bons ou muito melhores... Sim, tecnicamente é bem verdade, sou obrigado a dar razão mas atenção, Jimi Hendrix foi um só... e a sua magia, o seu talento, foi e será para sempre uma referência.