Sunday, December 04, 2011

Temos tempo!




Creio que foi o Sergio Godinho que iniciou um rabisco com "Cansados vão os corpos para casa(...)"; creio mesmo que fez desse rabisco uma canção, estrada fora, de uma disco qualquer que ele saberá melhor que eu qual é.

"Cansados vão os corpos para casa?" - Digo agora mais pausadamente para ter tempo para pensar enquanto interiorizo o que acabo de ler novamente... Deixa-me a pensar, de facto... Cansados!? Fisicamente talvez, mas ricos pelas horas que lá passaram a encantar os outros corpos que com eles se cruzaram... Aliás, não é a primeira vez que insisto nestes cruzamentos que nos enriquecem e marcam os momentos, momentos em que vivemos, isso é importante e por isso repito, momentos que vivemos. E é fantástico ter a possibilidade de saborear cada um deles sem pressas, sem preocupações, como se estivessemos a apreciar um lance em camara lenta, como se estivessemos a percepcionar as expressões desenhadas pelos rostos de atletas quando alcançam a vitória... "Não penses" - Dir-lhes-ia - "Não percas tempo!" - Insitiria - "Saboreia, o momento é teu e agora podes sempre optar por celebrar ou disfrutar pacatamente desse teu triunfo" - Na verdade é um prazer assistir.